Skip to content

Novo decreto do Executivo de Capivari estabelece regras para feirantes e consumidores no combate ao Coronavírus

O Prefeito de Capivari, Rodrigo Proença reuniu-se nesta semana por meio de plataforma online com feirantes que prestam serviços em Capivari.

O objetivo da reunião foi ouvir os feirantes e também esclarecer as regras e medidas de segurança do município no combate ao Coronavírus.

Rodrigo iniciou explicando que as medidas em Capivari estão em conformidade com o Decreto Estadual que permite, com as devidas normas de proteção, o funcionamento de farmácias, supermercados, lojas de conveniências, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de venda de alimentação de animais e postos de combustível, inclusive feiras livres com a venda de produtos essenciais.

Diante de algumas informações de que na feira realizada no último domingo haviam pessoas se aglomerando, o Poder Público emitiu um decreto específico para regularizar a realização de feiras em conformidade com o momento, onde a saúde de todos deve ser preservada de modo especial.

“Fiscalizaremos com rigor o cumprimento das normas estabelecidas. Estamos empenhados em preservar vidas e garantir a saúde de nossa cidade, para isso é necessário a colaboração de todos. Os serviços de essencialidade da feira são permitidos, mas estes precisam seguir as normas estabelecidas para o funcionamento” registrou o Prefeito.

Logo o primeiro artigo do novo decreto estabelece que ficam autorizadas nas Feiras Livres, o exercício exclusivo das atividades relacionadas ao comércio de produtos alimentícios, ficando suspensas as atividades das barracas de produtos diversos destes.

O documento ainda determina que a feira será montada com redução no número de barracas e espaço mínimo de 2 (dois) metros entre as mesmas.

Caberá aos feirantes intensificar as ações de limpeza e desinfecção dos produtos, das superfícies comuns e espaços utilizados, disponibilizar álcool em gel aos seus colaboradores e clientes em local de fácil acesso, divulgar informações e orientar colaboradores e clientes acerca da pandemia do Coronavírus-COVID-19 e das medidas de prevenção e proteção.
O consumo de alimentos nas dependências também fica proibido, podendo ser vendidos pelo sistema delivery.

A fiscalização das medidas ficará a cargo das Autoridades Sanitárias e de Fiscalização e Posturas do Município de Capivari, com apoio da Guarda Civil Municipal para a orientação no local.

“Se todos nos unirmos em espírito de colaboração, venceremos juntos essa guerra pela vida,” finalizou o Prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content