Skip to content

Centro Cultural “Alan de Lima Palma” foi inaugurado nesta terça-feira em Capivari

O antigo almoxarifado da Prefeitura recebeu reforma para acolher o teatro e o espaço de exposições; artistas da cidade poderão apresentar seus trabalhos e a Cultura de Capivari ganha mais representatividade

A Prefeitura de Capivari, através da Secretaria de Cultura e Turismo, inaugurou na noite da última terça-feira (8) o Centro Cultural “Alan de Lima Palma”, localizado na rua da Liberdade, sem número, no bairro Estação. O espaço, que era o almoxarifado da Prefeitura e faz parte do complexo da antiga Estação Sorocabana está sendo transferido para o município, por meio de solicitação da área junto ao Governo Federal, realizada pelo presidente da Câmara Municipal de Capivari, Flávio de Castro Carvalho. O mesmo passou por reformas para acomodar o teatro e o espaço de exposições.
O teatro conta com capacidade de acomodar 150 pessoas sentadas, onde foi construído palco de alvenaria, com sistema de som e de iluminação e camarim refrigerado para os artistas. O Centro Cultural também ganhou um espaço de exposições, para que artistas possam apresentar seus trabalhos.
Durante a cerimônia solene de inauguração, que foi restrita a poucas pessoas por conta da pandemia da Covid-19, estiveram presentes o prefeito de Capivari, Rodrigo Proença, o presidente da Câmara Municipal de Capivari, Flávio de Castro Carvalho, o secretário de Cultura e Turismo Wesley Tadeu de Barros Aureliano, e foram convidados os demais secretários, família e amigos de Alan Lima de Palma, seguindo os protocolos de higiene e segurança.
Uma breve apresentação foi realizada no palco por Willian de Lima Palma, acompanhado por Éder de Lucca, com a música “Chega de saudade”, de Vinicius de Moraes e Antonio Carlos Jobim.
O espaço de exposições recebeu obras das artistas do município Aline Andrade e Priscila Barata.
O Centro Cultural funcionará de acordo com o permitido e os protocolos do Plano SP.

SOBRE ALAN DE LIMA PALMA
Alan de Lima Palma faleceu em 2016 em um acidente trágico, ao ser atropelado quando estava andando de bicicleta com amigos em uma rodovia. Completaria 42 anos na terça-feira, 8 de dezembro, dia da inauguração do Centro Cultural.
Alan teve sua vida ligada à cultura, e começou muito cedo. Ainda criança, aos 5 anos de idade, iniciou seus estudos musicais com o professor Euclides Colaneri. Foi professor de trombone na área de música erudita no Conservatório “Dr. Carlos de Campos” em Tatuí; Chefe de naipe da Big Band do Conservatório de Tatuí; Apresentou‐se com a Orquestra Sinfônica de Campinas, Banda Sinfônica Estadual e, também, com diversos artistas como Leila Pinheiro, Danilo Caymmi, Chico César, Toquinho, trompetista Fred Mills, com os saxofonistas Humberto Araújo, Miles Osland e Hector Costita, Vittor Santos, Vinícius Dorin e, Marcos Paiva; Gravou com Quarteto em Cy; a dupla Bruno e Marrone; e Toquinho. Trombone 1 e solista no musical “New York New York, em cartaz no Teatro Bradesco, no ano de 2011; Participou do lançamento do disco da Big Band Soundscape.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content